Network Marketing e Marketing Multi-Nível

Network Marketing, um modelo alegadamente criado nos anos 20 mas mais reconhecido pela California Vitamin Company uma empresa que se iria popularizar pelo mundo inteiro até hoje sob o nome Avon.

A Mercurio 33 não lida de maneira nenhuma com esse modelo de marketing, mas ao longo dos anos tantas pessoas(a nível profissional e pessoal) nos pediram conselhos que achamos por bem colocar alguns factos e opiniões no assunto. Também achámos boa ideia esclarecer melhor o modelo de Marketing Multinível e partilhar as nossas opiniões, já que existem alguns paralelos com o fenomeno dos “gurus” no que diz respeito ao marketing digital que mesmo com as suas diferenças parece ter efeitos semelhantes nos prospectivos intervenientes.

A definição de Network Marketing

Definição de Network Marketing: Um modelo de negócio no qual uma rede de distribuição é necessária para construir o negócio. Normalmente, essas empresas também são de marketing multinível, em que os pagamentos ocorrem em mais de um nível.

O “Network Marketing”(marketing de rede) é um tipo de oportunidade de negócio muito popular entre pessoas que procuram negócios de horário laboral part-time e flexibilidade. Algumas das empresas mais conhecidas na América(onde o modelo surgiu primeiro de acordo com algumas opiniões), incluindo a Avon,New Ways, Herbalife, a Mary Kay Cosmetics e a Tupperware, estão sob a égide do marketing de rede.

Os programas de marketing de rede apresentam aparentemente um baixo investimento inicial – geralmente apenas algumas centenas de euros para a compra de um pacote de amostras de produto , permitindo vender uma ou mais linhas de produtos diretamente para amigos, familiares e outros contatos pessoais. A maioria dos programas de marketing de rede também pede aos participantes que recrutem outros representantes de vendas a troco de compensação, normalmente percentagens das vendas dos referidos. Os recrutas constituem o “downline” de um representante e suas vendas geram renda para aqueles acima deles no programa daí a frequente associação nefária com os esquemas de pirâmide, também chamados de “Ponzi“.

Decepção e Questões Pertinentes – não seja um “pato”

Podem-se levantar questões éticas ou pelo menos questionar a legitimidade ou intenção das empresas  uma rede de marketing  compensa os participantes principalmente por recrutar outros, em vez de vender os produtos ou serviços da própria empresa. Um sistema de marketing de rede no qual a maior parte da receita vem do recrutamento pode ser considerado um esquema ilegal de pirâmide.

Os programas de marketing de rede são geralmente isentos da regulamentação de oportunidades de negócios e não são definidos como franquias sob as leis de muitos países, aconselha-se porém  investigação e necessária diligência antes de investir qualquer dinheiro ou assinar qualquer contrato, as leis são muito diversas nesse aspeto em países diferentes.

O Marketing Multi-Nível

Marketing Multi-Nível (Multi Level Marketing) (MLM) também chamado de venda em pirâmide, marketing de rede ou marketing de referência(Reference Marketing), é uma estratégia de marketing para a venda de produtos ou serviços onde a receita da empresa MLM é derivada de uma força de trabalho não assalariada (também chamada de participantes, e também conhecidos como “vendedores”, “distribuidores”, “consultores”, “promotores”, “empresários independentes”, etc.) que vendem os produtos ou serviços da empresa, enquanto os ganhos dos participantes são derivados de uma comissão em forma de pirâmide, onde diferentes posições dos distribuidores têm respectivas comissões de acordo com as condições do negócio(ou esquema).

Embora cada empresa de MMN dite seu próprio “plano de compensação/remuneração” para o pagamento de qualquer ganho aos seus respectivos participantes, a característica comum encontrada em todos os MLMs é que os planos de remuneração pagam aos participantes apenas dos dois fluxos de receita potenciais:

  1. O primeiro fluxo de compensação pode ser pago a partir de comissões de vendas feitas pelos participantes diretamente para seus próprios clientes de varejo.
  2. O segundo fluxo de compensação pode ser pago a partir de comissões baseadas nas vendas feitas por outros distribuidores abaixo do participante que recrutou os outros participantes no MLM; Na hierarquia organizacional de MLMs, esses participantes são chamados de distribuidores “down line”.

Assume-se que os vendedores de MLM vendam produtos diretamente aos consumidores finais por meio de referências de relacionamento e marketing interpessoal(boca-a-boca), mas aparentemente o mais importante é que eles sejam incentivados a recrutar outros para se juntarem à empresa como (re)vendedores. distribuidores de linha descendente, usando a possibildade de obter um salário passivo como incentivo.

De acordo com um relatório que estudou os modelos de negócios de 350 MLMs, publicados no site da Comissão Federal de Comércio(Estados Unidos), pelo menos 99% das pessoas que se juntam às empresas MLM acabam por perder dinheiro.No entanto, os MLMs funcionam porque os participantes são incentivados a manter a convicção ou crença de que eles podem conseguir grandes retornos, enquanto a improbabilidade estatística disso é dissimulada(um bom exemplo sendo a Trump University).

 

Venda Direta(retalho?) Versus Marketing de Rede(Network Marketing)

“Marketing de Rede” e “Marketing Multinível” (MLM) têm sido descritos pelo autor Dominique Xardel como sinônimos, sendo um tipo de venda direta embora hajam muitas opiniões contrárias nesse conceito . Algumas fontes enfatizam que o marketing multinível é apenas uma forma de venda direta, em vez de ser venda direta propriamente dita. Outros termos que às vezes são usados ​​para descrever o marketing multinível incluem “marketing boca-a-boca”, “distribuição interativa” e “marketing de relacionamento”. Os críticos argumentam que o uso desses e de outros termos e palavras-chave diferentes é um esforço para distinguir o marketing multinível de esquemas ilegais de Ponzi, cartas em cadeia e fraudes contra os  consumidores.

A Associação de Venda Direta (DSA dos Estados Unidos), um grupo de lobby para a indústria de MLM, informou que em 1990 apenas 25% dos membros da DSA usaram o modelo de negócio de MLM. Em 1999, isso cresceu para 77,3%. Em 2009, 94,2% dos membros da DSA estavam usando o MLM, respondendo por 99,6% dos vendedores e por 97,1% das vendas. Empresas como a Avon, Electrolux, Tupperware, [26] e Kirby eram originalmente empresas de marketing de nível único, usando esse modelo de negócio de venda direta tradicional e incontroverso (distinto do MLM) para vender seus produtos. No entanto, eles mais tarde introduziram planos de compensação multinível, tornando-se MLMs. A DSA tem aproximadamente 200 membros, enquanto se estima que existam mais de 1.000 empresas usando marketing multinível somente nos Estados Unidos.

Não pretendemos dar conselhos profissionaos neste artigo, expomos apenas alguns factos e opiniões, mas não achamos ser boa ideia investir em nada sem dados concretos, claro que qualquer modelo de negócio tem muito que se lhe diga, e pode bem resultar para alguns investidores, mas vale sempre a pena investigar bem o que está envolvido e a realidade do retorno, se aconselhamos alguém a se meter nesses modelos? Não, na nossa experiência vimos não ser para qualquer um, especialmente quem não tenha boas redes pessoais/contactos, vender é e sempre foi difícil, mas quem sabe é que já experimentou um desses modelos.

  • Follow us: