O problema do SPAM nos grupos do Facebook

Recentemente decidimos fechar o nosso Swipe File de SPAM originado nos grupos do Facebook dos quais fazemos parte como admins e membros.

Primeiro vamos explicar o seguinte: O que é um “Swipe File“?

O termo origina como é óbvio na língua inglesa, e pode ter sido cunhado nos círculos das agências de publicidade nos anos 50, não sabemos ao certo(nós).

Então segue a definição de ”Swipe File“(uma delas):

Em termos simples, um arquivo de Swipe é uma pasta digital ou física onde você mantém todas as ideias relevantes para estudo de copywriting(redação),marketing ou publicidade que encontrou ao longo dos anos.

Isto dito, seguimos para a questão do SPAM nos grupos de marketing digital no Facebook que referimos e que se encontram na nossa lista de ligações externas. De facto, o Facebook pode bem ser a maior incubadora de SPAM de todos os tempos, a própria plataforma tem uma história colorida e parece alimentar-se de polémica e preguiça, polémica qualidade de posts, e preguiça sendo parte do próprio ADN do Facebook, o Facebook conta com os utentes para criar conteúdo e preocupa-se pouco com a qualidade(a menos que seja legalmente obrigado pois claro), por outro lado o conteúdo vai sendo enterrado tanto por não obter interações como por novo conteúdo que o vai substituindo.

Isto dito, muitos de nós que estão na indústria há muitos anos, pesquisamos também o desenvolvimento do fenómeno de SPAM, porque se o SPAM fraco nos chateia ou faz rir(é preciso ter um sentido de humor particular para durar e prosperar nesta indústria) sabemos perfeitamente que o SPAM “bom” faz fortunas, e os tempos em que SPAM era essencialmente emails não solicitados, hoje em dia permeia tudo, desde SMS, Telefonia e claro mídia social!

Alguns dos membros dos referidos grupos queixaram-se(e com razão) e ouve mesmo um que tentou fazer um SPAM mais baixo para obter membros para o seu grupo a partir do nosso!

Exemplo de SPAM no Facebook

Claro que também entre nós que estão na mesma “onda“ perdemos também algum tempo a moderar o grupo, mas raramente apagamos o SPAM, por razões diferentes das que vêm á mente, tentamos no entanto alertar todos os membros mais ”júnior“ nos grupo para não cairem em tais campanhas porque acabam quase sempre a oferecer um curso grátis ou outro material em troca de eventual pagamento ou participar em algum esquema de marketing multi-nível.
Claro que as nossas marcas humorísticas nem sempre passam a mensagem certa:

Mas como dizemos, o sentido de humor ajuda-nos imenso nesta carreira, porque longe vão os tempos em que o SPAM era moderadamente divertido, especialmente aquelas headline estructuradas para vencer os filtros de SPAM, tipo “Compre Biagra“ ou ”Buy Vigara“(esta era do príncipio do milénio).

Vamos porém notar uma certa evolução nestas coisas, as famosas “watch party” servem como podem ver num dos exemplos acima para vender camisetas falsificadas(num grupo de marketing digital!)!

Exemplo de SPAM

Longe de andarmos a silenciar pessoas nos nossos grupos, fazemos o possível para educar especialmente os mais novatos para não cairem nesses esquemas que podem não só causar perdas financeiras mas também ser uma experiência tão frustrante que pode mesmo causar que muitas pessoas talentosas percam interesse na área do marketing digital de vez, o que se torna mais do que uma perda pessoal, uma perda para a disciplina que procura cada vez mais talento e criatividade.

Acabo por agora e vou discutir isto mais no lusoexpat.com, entretanto quero apelar aos mais novos não comprarem nenhum material promovido desta forma porque a má qualidade de tais cursos vai causar mais estrago do que progresso na vossa prospectiva carreira, principalmente porque uma coisa particularmente difícil nesta área é manter-se motivado durante fases muito lentas de desenvolvimento financeiro, não confundam marketing digital com termos como “renda extra”, “marketing multi-nível” e outros que podem representar facetas de marketing digital mas estão longe de ser bom exemplos da disciplina ou sustentabilidade financeira.
Empresa como a Google oferecem formação de qualidade gratuita nos seus productos como Google Analytics, Adwords etc. São qualificações importantes para colocar no CV para quem de facto quer uma carreira em marketing digital e não custam nada.
Estudem os grandes nomes do marketing e em particular “direct sale“ mas não pensem que se pode aplicar essa sabedoria directamente, até mesmo o grande Ogilvy provavelmente não iria conseguir emprego na empresa que fundou, porque o mercado muda muito frequentemente.
Podem também visitar o lusoexpat.com que não sendo um espaço de auto-promoção é um fórum muito positivo e centrado na lusofonia, onde uma vertente pura de marketing digital procura ainda nascer.
Bem hajam e até á próxima!

  • Follow us: