O que é planejamento estratégico

Web Marketing Para Empresas

O que é planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é uma atividade de gerenciamento organizacional usada para definir prioridades, concentrar energia e recursos, fortalecer as operações, garantir que os funcionários e outras partes interessadas trabalhem em direção a objetivos comuns, estabelecer acordo em relação a resultados / resultados pretendidos e avaliar e ajustar a direção da organização. resposta a um ambiente em mudança. É um esforço disciplinado que produz decisões e ações fundamentais que moldam e orientam o que é uma organização, a quem ela serve, o que faz e por que faz, com foco no futuro. O planejamento estratégico efetivo articula não apenas onde uma organização está indo e as ações necessárias para progredir, mas também como ela saberá se é bem-sucedida.

O planejamento estratégico é acima de tudo um processo e, portanto, tem entradas(inputs), atividades, produtos e resultados. Esse processo, como todos os processos, tem restrições. Pode ser formal ou informal e é tipicamente iterativo, com ciclos de feedback durante todo o processo. Alguns elementos do processo podem ser contínuos e outros podem ser executados como projetos distintos com um início e um fim definitivos durante um período. O planejamento estratégico fornece pontos iniciais para o pensamento estratégico, que orienta a formação da estratégia real. O resultado final é a estratégia da organização, incluindo um diagnóstico do ambiente e da situação competitiva, uma política orientadora sobre o que a organização pretende realizar e iniciativas-chave ou planos de ação para alcançar a política de orientação.

Elementos estratégicos de planeamento

Michael Porter escreve(em 1980) que a formulação da estratégia competitiva inclui a consideração de quatro elementos-chave:

1)Pontos fortes e fracos da empresa;
2)Valores pessoais dos principais implementadores (ou seja, gerenciamento e diretoria);
3)Oportunidades e ameaças da indústria;
4)Expectativas sociais mais amplas.

Os dois primeiros elementos referem-se a fatores internos da empresa (ou seja, o ambiente interno), enquanto os dois últimos se referem a fatores externos à empresa (ou seja, o ambiente externo à empresa). Esses elementos são considerados em todo o processo de planejamento estratégico.

O planejamento estratégico deve sempre levar em consideração onde a organização se encontra nesse momento particular e onde ela quer chegar no futuro(objectivos a atingir para tal etc.). Deve ser traçado estrategicamente como a organização chegará aonde ela deseja, quais recursos serão utilizados, qual o tempo para acontecer cada etapa e como será feito cada ação

O que é um plano estratégico?

Um plano estratégico é um documento usado para comunicar à organização os objetivos da organização, as ações necessárias para atingir esses objetivos e todos os outros elementos críticos desenvolvidos durante o exercício de planejamento.

O que é gestão estratégica? O que é a execução da estratégia?
A gestão estratégica é a coleção abrangente de atividades e processos contínuos que as organizações usam para coordenar e alinhar sistematicamente recursos e ações com missão, visão e estratégia em toda a organização. As atividades de gerenciamento estratégico transformam o plano estático em um sistema que fornece feedback de desempenho estratégico para a tomada de decisões e permite que o plano evolua e cresça à medida que os requisitos e outras circunstâncias mudam. A Execução de Estratégia é basicamente sinônimo de Gerenciamento de Estratégia e equivale à implementação sistemática de uma estratégia.

Quais são os passos no planejamento estratégico e gestão?
Existem muitas estruturas e metodologias diferentes para planejamento e gerenciamento estratégico. Embora não existam regras absolutas sobre o framework correto, a maioria segue um padrão similar e possui atributos comuns. Muitas estruturas passam por algumas variações de algumas fases muito básicas:

1) análise ou avaliação, onde é desenvolvida uma compreensão dos ambientes internos e externos atuais;
2) formulação de estratégias, onde estratégia de alto nível é desenvolvida e um plano estratégico de nível organizacional é documentado
3) execução da estratégia, onde o plano de alto nível é traduzido em mais planejamento operacional e itens de ação, e 4) fase de avaliação ou sustentação / gerenciamento, onde aprimoramento e avaliação contínuos de desempenho, cultura, comunicações, relatórios de dados e outros gerenciamentos estratégicos problemas ocorre.

Ferramentas e abordagens

Uma variedade de ferramentas analíticas e técnicas são usadas no planejamento estratégico. Estes foram desenvolvidos por empresas e firmas de consultoria de gestão para ajudar a fornecer um quadro para o planejamento estratégico. Essas ferramentas incluem:

-Análise PEST(acrónimo de análise Política, Económica, Social e Tecnológica), que cobre os elementos remotos de ambiente externo, como políticos, econômicos, sociais e tecnológicos (PESTLE acrescenta legal/regulatório e ecológico/ambiental);
-Planejamento de cenários, que foi originalmente usado nas forças militares e recentemente usado por grandes corporações para analisar cenários futuros;
-Análise das cinco forças de Porter(modelo das Cinco Forças de Porter, concebido por Michael Porter, foi publicado na forma do artigo “As cinco forças competitivas que moldam a estratégia”, em 1979, na Harvard Business Review), que aborda a atratividade da indústria e a rivalidade através do poder de barganha dos compradores e fornecedores e a ameaça de produtos de substituição e novos concorrentes no mercado;
-Análise SWOT(ou Análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças), que aborda as forças e fraquezas internas em relação às oportunidades e ameaças externas;
-Matriz de parcela de crescimento(A Matriz BCG é uma análise gráfica desenvolvida por Bruce Henderson para a empresa de consultoria empresarial americana Boston Consulting Group em 1970), que envolve decisões de portfólio sobre quais empresas reter ou alienar; e
-Balanced Scorecards(Balanced Scorecard (BSC) , em português seria traduzido como “Indicadores Balanceados de Desempenho) e mapas de estratégia, que cria um quadro sistemático para medir e controlar a estratégia.
-Avaliação responsiva, que utiliza uma abordagem de avaliação construtivista para identificar os resultados dos objetivos, que, em seguida, suporta futuros exercícios de planejamento estratégico.

  • Follow us: