Profissional de Marketing Digital

Profissional de Marketing Digital

Profissional de Marketing Digital – Carreira e Autonomia

Ser um profissional de marketing digital carrega diversas vantagens num mundo de emprego cada vez mais direcionado a expansão comercial online, nem todos os profissionais de marketing digital trabalham em empresas no ramo como empresas de publicidade e propaganda online, ou empresas no ramo do web design ou design gráfico, muitos profissionais tem duas carreiras, sendo o marketing online(Internet Marketing ou simplesmente “IM”) um hobby ou actividade comercial para um salário suplementar.

Existe um processo de formação exigente para “ganhar dinheiro online”, e seria incorreto dizer que é sem risco, embora o risco seja muito reduzido, os custos são reduzidos e podem ser minimizados se o prospetivo marketer tiver habilidades em web design ou pelo menos em Photoshop etc.

Ser um mestre no web design ou Photoshop por outro lado não é um fator decisivo no que diz respeito a conseguir um ordenado principal ou suplementar, já foi fácil mas isso foi chá mais de uma década, quando “Affiliate Marketing” estava no seu auge para qualquer um que estivesse disposto a gastar um pouco de tempo e dinheiro, o Google e Yahoo eram relativamente simples de “domar” e o SEO era a coisa de sonhos, era fácil para quem estava ao corrente, e os fóruns da altura eram também acessíveis e não estavam estruturados como uma industria em si.

Mas não vamos divagar nos bons velhos tempos, o mercado esta cada vez mais difícil e o Google cada vez mais bem desenvolvido no que diz respeito a critério de qualidade, fazer um site e esperar por tráfego orgânico pode ser um investimento de anos, nesse aspeto talvez seja boa ideia para o profissional de marketing digital ter um emprego na industria a tempo inteiro e desenvolver a sua empresa nos tempos livres.

Em relação a criar o que se chama “Online Real-Estate” ou seja propriedades como blogs, fóruns, paginas etc. uma coisa que muitos marketers profissionais lamentam é não terem passado mais tempo a desenvolver sites de qualidade nos bons velhos tempos, em que se conseguia ganhar bastante dinheiro com sites de qualidade questionavel, hoje em dia muitos desses domínios já não fazem parte dos seus portfólios e acordam para a realidade que sites “velhos” com um mínimo de qualidade estão a dominar a busca, mesmo fóruns generalistas conseguem muitos bons resultados em termos de tráfego e correspondentes rendimentos em anúncios etc. Porque para o Google, a idade de um site conta como indicador de qualidade.

Alojamento/Hosting

Mas antes dos sites em si estarem online, existe uma exigência incontornável, o Alojamento(Hosting) e os domínios, convém ter em conta que nem sempre o mais barato rende bons resultados, e se usar uma CMS como o WordPress os requerimentos variam muito, os famosos pacotes de tráfego e sites ilimitados tem de facto limites, se não for o numero de sites e tráfego pode bem ser a memoria do servidor, e pode bem acordar para a realidade de todos os seus sites estarem offline(em baixo) o que não afeta apenas os seus utentes, afeta também as posições do seu site no Google “sabotando” o seu esforço e trabalho. Existem maneiras de poupar mesmo muito em hosting e domínios, porem depende muito do seu nível de conhecimento em termos de por exemplo instalar o sistema operativo do servidor e painel de controlo(hosting), tudo isto são considerações para o marketer. Também o preço dos domínios são algo que deve ter em conta, pode não parecer muito individualmente, mas se tiver uns 200 sites pode tornar-se muito caro. Pense também nos “backups”, nos dias que correm não é invulgar que um ataque generalizado ou “malware” infete os seus sites exigindo uma “limpeza” ou reconstrução completa, são problemas sérios e infelizmente muito frequentes e podem acabar com o seu negocio se não estiver prevenido.

Copywriting

Se acompanha os nossos grupos no Facebook o conceito não lhe será estranho. A arte de escrever anúncios para PPC e anúncios em plataformas como o Facebook, Google Display etc. exige uma consciência do que pode comunicar em poucas palavras, com as imagens certas etc. O Copywriting lida com a escrita mais especificamente, e tem origem na imprensa clássica onde anúncios eram a fonte de rendimento principal tanto para os jornais e revistas em si como para os Marketers que literalmente ganhavam a vida com vendas de diversos produtos por correio, muitos desses humildes autodidatas ficaram reconhecidos no mundo do marketing e publicidade como verdadeiras lendas, alguns mais do os próprios profissionais das já lendárias agências de publicidade do seu tempo, muitos deles fundaram as suas proprias agências de publicidade, o seu trabalho em muitos casos caiu no esquecimento e não é estudado no mundo académico ou mencionado a estudantes de marketing e publicidade. O “direct mail marketing” tornou-se quase numa subcultura do marketing, completamente ignorados em muitos casos estes marketers lendários do passado ganharam a vida em circunstancias muitas vezes adversas e com fundos limitados para anúncios e muito risco, não ganhavam a vida em empregos das 9 as 5 numa agência de publicidade, arriscavam todo o capital para sobreviver mais um dia e não é de espantar que os que sucederam se tornaram muito ricos e muitos outros conseguiram pelo menos conquistar bons empregos em firmas de publicidade. A Internet reanimou senão a profissão pelo menos os espírito de empreendimento e técnica desses marketers do passado, mas agora aplicado a PPC e anúncios em plataformas digitais, mas é interessante notar que mais uma vez passam ao lado das agências digitais e de publicidade da mesma maneira que aconteceu no passado, estaremos a falar de uma genuína subcultura? O que e certo e que nos círculos do marketing online eles tem o estatuto de lendas, porque em muitos casos exemplificam o estereotipo de “farrapos a riquezas” ou “rags to riches”.

Se no passado era muito difícil prever o desempenho de um anuncio num jornal, hoje em dia com as plataformas digitais é relativamente simples, nunca sonharam na altura que um dia era possível monitorizar em tempo real o desempenho de um anuncio, mas o que ensinavam no passado é tao valido hoje como era no passado, poucos desses marketers lendários viveram o suficiente na era da Internet como paltaforma de marketing, muitos faleceram precisamente na altura dessa transição ou nos estágios iniciais, como por exemplo o Eugene Schwarts ou o Gary Halbert, outros vivem actualmente quase exclusivamente do ensino do marketing através de cursos online e outros materiais(como o Dan Kennedy), mas parece que a chama se apagou entre eles, ensinam mas não praticam a promoção/venda de produtos na Internet, infelizmente para eles em tempos definiram o ditado”those who can’t do teach”(os que não sabem fazer ensinam como fazer), imagino que se tenham arrependido de cunhar a frase ou pelo menos popularizarem-na no mundo do marketing.

Será seguro dizer que não se faz nada de novo em termos de redefinir a anatomia de materiais de marketing, as tecnologias evolvem mas os princípios parecem ser sempre os mesmos,e infelizmente esses princípios não se estudam a fundo, são apenas generalizados em círculos académicos, e acabamos com alunos e graduados que sabem tudo sobre a historia oficial do marketing e muito pouco no que diz respeito a fazerem eles mesmos uma campanha com um orçamento reduzido e risco considerável, um sinal dos tempos certamente e não é exclusivo na Europa ou mundo Lusófono de publicidade, nos EUA a terra Natal desses marketers lendários a situação e exatamente a mesma.

SEO(Otimização para motores de busca)

Já começa a soar a cliché, particularmente porque e extremamente difícil conseguir resultados em pouco tempo, e ainda mais tempo para ultrapassar o que já esta bem posicionado, existem certamente métodos para posicionar sites contra tudo e contra todos, mas não conte que alguem descreva passo-a-passo o que fazer, nem tao pouco que alguem partilhe os “segredos” do negocio, trata-se de um processo extremamente difícil e nenhum curso ou livro vai ensinar o que ninguém esta disposto a partilhar nem mesmo por dinheiro, mas isto dito vale sempre a pena aprender o que se publica em fóruns e blogs de qualidade, trata-se porem do básico no que diz respeito a SEO, o estudo de SEO é muito ilusivo e requer muita experiência.

PPC, Facebook Ads etc.

Antes de mais é necessário notar que existem regras no que diz respeito a PPC, sendo o Google o mais rigoroso, tornando a vida muito difícil para quem quer anunciar produtos financeiros por exemplo, são ofertas muito boas para “affiliates” mas é importante notar que o Google é notório por banir marketers por muito pouco, e ser banido pelo Google Adwords ou Adsense é uma viagem de ida sem volta, o Google tem um monopólio e não se parece importar com perder um ou outro cliente mesmo que se trate de um orçamento elevado, Bing Ads não é tao rigoroso mas também não tem tanto tráfego.

Para quem esta só a começar, será boa ideia fazer a qualificação Adwords da Google, hoje em dia é gratuita e representa uma boa certificação para quem procura também emprego.

Os Facebook Ads requerem provavelmente um artigo exclusivo, mas existem diversos recursos online mesmo do Facebook a explicar as opções e regras, as opções são a parte critica pois a modalidades do produto tem de ser as mais adequadas, familiarize-se com CPA(custo por acção).

Internet Marketing como profissão

Existem diversos títulos de emprego em marketing digital, a questão muitas vezes é como ganhar um salário a trabalhar por conta própria em Internet marketing, a possibilidade certamente existe, mas existe também a noção que é fácil ganhar dinheiro online e que a vida de um marketer é uma vida relativamente relaxada, mas é importante ter em conta que tais noções são usadas como publicidade para vender cursos de “ganhar dinheiro online”, tais cursos raramente cumprem o que prometem, não existe um caminho fácil para ganhar dinheiro online, e não é incomum ouvir de marketers bem sucedidos que levou entre 5 a 10 anos a aprender o oficio, anos intensivos de aprender e experimentar, a estrada menos percorrida.

Não é recomendável para quem tem fundos limitados ou esta desempregado, ser um online marketer exige fundos, disponibilidade e disciplina, a curva de aprendizagem e intensa, nesse aspeto é semelhante a ser um “day trader”.

eBay, Amazon, Miau, OLX, Rakuten e outros

Para quem quer trabalhar por conta proporia, mais concretamente a vender produtos e talvez alguns serviços online, eBay e Amazon oferecem plataformas de renome para empresários de todas as dimensões, as historias de sucesso são muitas e convém ter em mente que exige bastante trabalho para se conseguir criar um negocio lucrativo nessas plataformas, mas isto dito a eBay e Amazon são já consideradas incubadores de excelência para testar ideias e avaliar o mercado. Pode não ser a perspetiva mais atraente em termos de imagem de empresário online, mas estes sites oferecem acesso a mercados de volume transacional enorme a custos muito reduzidos, custa literalmente nada criar uma lista de produtos para venda se aproveitar ofertas e incentivos, a eBay em particular tem já a boa reputação de ter criado muitos empresários de sucesso.

Um beneficio de desenvolver actividade comercial em plataformas como a eBay e a exposição a diversos requerimentos do marketing digital como criação/manipulação de imagem, formatar texto, otimizar listas para SEO etc. pode mesmo investir em anúncios PPC para os seus produtos, porem a eBay investe já muito em publicidade online, o que lhe permite concentrar-se nas suas “listings”.

Convém desmistificar o conceito geral, o marketing digital envolve um grande numero de disciplinas e praticas debaixo do mesmo telhado, e o que interessa mesmo é suceder pelo menos numa dessas áreas antes de progredir para a próxima,a experiência é cumulativa e conta muito mais do que qualquer licenciatura, nada impressiona mais do que ROI(retorno de investimento).

Não existem poções magicas para ganhar a vida com atividades comerciais ou promocionais online, nenhum curso fornece uma maneira rápida e eficaz de ir de principiante a perito em poucas lições, a curva de aprendizagem pode ser longa e a concorrência e muita, beneficia muito ter um bom nível de organização e capacidade de prioratizar atividades e aprendizagem. Um emprego num ramo de marketing digital não oferece por si a capacidade de ganhar a vida em online marketing, as áreas variam muito e não são necessariamente relevantes para todos os projectos.

Qualificações em Marketing Digital

Os cursos, licenciaturas e mestrados em marketing digital são coisa relativamente recente e terão certamente valor para o mercado de emprego, mais especificamente para cargos empresariais para conseguir emprego em medias/grandes empresas, muitos desses cargos são organizacionais e envolvem coordenar campanhas e departamentos, o que representa um problema no que diz respeito a conseguir esses empregos é a falta de experiência em atividades mais “hands-on”, a empresa tem por vezes receio que a falta de experiência, por exemplo em criar/gerir uma campanha resulte em perdas, errar faz parte do processo e os erros em campanhas de grandes orçamentos podem ser catastróficos, por isso poder demonstrar experiência em campanhas por mais pequenas que seja é uma vantagem quando se procura emprego, mesmo com boas qualificações, não é incomum que a vaga seja ganha por um profissional com experiência em vez de um prospetivo empregado com altas qualificações e pouca ou nenhuma experiência.

  • Follow us: