Web Marketing Para Empresas

Web Marketing Para Empresas

Web Marketing Para Empresas – como a Web redefiniu o mundo dos negócios

O marketing empresarial, seja em B2B ou B2C foi redefinido quase completamente pela Internet, o que a principio não era muito mais do que um diretório glorificado, a formula das Paginas Amarelas aplicada a documentos servidos como paginas digitais, depressa passou a ser quase uma imagem de um negocio, uma presença moderna e com ares de inovação. As coisas evoluíram muito depressa e rapidamente marcas se fizeram ou desfizeram na Web, com o crescimento de plataformas digitais altamente interativas como o Facebook, Twitter e tantas outras, já não era mais o jogo de presença simples e posição, começou também o marketing viral com a sua parte mais sinistra a dar que falar, chegou o tempo das “reviews”, a imagem corporativa tinha agora uma forca a não ser subestimada como sombra, escândalos e calunias no mesmo molho sem grande oportunidade de defesa, o mundo online funciona muito rápido, e a opinião publica dispara primeiro e pensa depois, muitas vezes o estrago e irreversível, e muitas dessas vezes injusto e completamente evitável. O web marketing para empresas tornou-se cada vez mais importante, rapidamente passou de um serviço de um consultor com baixa prioridade em decisões de marketing a ponto central e incontornável em todas as estratégias de marketing.

 

Web Marketing Para Empresas

 

O web marketing empresarial tornou-se essencial para todos os negócios quase sem exceção, e já não é só para empresas que vendem produtos através de websites transacionais, a imagem de uma empresa online tornou-se em grande medida o novo “Branding” a imagem corporativa por excelência, marcas fazem-se e partem-se na Internet a velocidades vertiginosas, existe mesmo um ditado que diz o que nasce pela web pode morrer pela web.

O web marketing para empresas e uma area em si, o marketing na Internet e multidisciplinar e requer um foco estratégico bem alinhado com conhecimento técnico e muito apoio de dados e analise de tendências(trends) tanto online como offline.

Um tema que esta sempre de mão dada com a Internet em quase todos os aspetos e o foco internacional da web, as possibilidades de comercio internacional e a comunicação entre clientes e empresas no mundo inteiro assim como a publicidade das mesmas ou no mínimo um exercício de branding. As oportunidades para comercio internacional, não só B2C mas também B2B como por exemplo actividade de importação e exportação de produtos e serviços sempre esteve no centro da actividade do marketing online, muitas empresas devem a sua existência ao web marketing, não apenas empresas de serviços relacionados mas também empresas regionais que encontraram novos canais para escoar os seus produtos para mercados que previamente desconheciam as empresas e os seus produtos, a Internet abriu portas ate para os mais pequenos negócios tradicionais, não faltam exemplos de pequenas empresas tradicionais que popularizaram produtos de fabrico limitado, muitas vezes regionais que hoje em dia são vendidos para o mundo inteiro. Popularizar produtos e serviços na Internet requer bom conhecimento dos canais digitais envolvidos, seja plataformas como a eBay e Amazon ou websites transacionais, o que é certo é que se existem possibilidades de apresentar novos produtos e serviços ao mercado global, também é verdade que passar despercebido é o mais provável sem uma boa estratégia de marketing online.

A abundância de produtos e serviços na Internet faz com que facilmente uma oferta se torne numa agulha num palheiro, por isso muitos lançamentos falham, afinal um site transacional não e o suficiente para “empurrar” um produto ao conhecimento do publico, em particular se estivermos a falar de um produto tradicional/regional sem ligações a tendências consideráveis, como por exemplo saúde e bem estar que muitas vezes contam com bloggers e afins que dedicam tempo a descobrir e publicitar novos produtos de interesse para o seu niche.

A solução passa pela elaboração de uma estratégia fiável, não chega criar websites e/ou paginas sociais, nos tempos que correm não planear e planear para falhar, tais iniciativas já não funcionam num meio tão competitivo, longe vão os tempos em que atirar pedras ao charco era uma boa maneira de experimentar lançar um negocio na Internet.

  • Follow us: